Feliz primeiro dia útil de 2010 a todos!!

4 01 2010
Anúncios




Problemas

1 06 2009

Bom dia internauta,

Alguns problemas fizeram com que o programa “MarkeThings e o Reino Animal” ficasse suspenso logo após a sua primeira edição.

Mas, em breve, retomaremos a programação.

Pedimos desculpas
Att,

Equipe do MarkeThings e o Reino Animal

Akakakkakakaka





MarkeThings e o Reino Animal – A abelha-rainha

30 04 2009

Olá, bom dia a todos. Vamos começar, agora, a primeira edição do programa “MarkeThings e o Reino Animal”.

 

Para começar essa série, optamos por falar das ABELHAS. Esses insetinhos que voam como se fossem pesadas demais para as asas e, às vezes, vem na nossa direção como se fossem trombar na nossa cara. Sem contar as vezes em que elas enroscam nos nossos cabelos, pousam na nossa cadeira e sentamos em cima ou caem nos nossos copos de refrigerante.

 

Bom, mesmo com esses infortúnios, as abelhas são muito interessantes. Principalmente as abelhas-rainhas. Você sabe como é escolhida a abelha-rainha? Não, não há uma votação, e esse título não passa de mãe para filha.

 

Acontece o seguinte: a abelha-rainha manda na colméia. Ela fica lá, fazendo nada, enquanto as operárias trabalham e trabalham para que ela possa comer do bom e do melhor. Fora que ela vive cerca de quatro anos, enquanto as operárias vivem apenas um mês e meio. Vida longa à rainha!

 

Agora a questão é: por que elas vivem mais???? Bom, aí chegamos ao ponto-chave da conversa. Quando uma abelha-rainha está envelhecendo, as operárias começam a preparar outra abelha. Elas pegam um ovo qualquer, e o colocam em uma célula especial, onde ele vai se desenvolver melhor do que os outros. A abelha escolhida (no uni-duni-tê) para ser a abelha-rainha será alimentada apenas de geléia real, uma gosminha feita de puro hormônio e proteína. Então ela se tornará uma abelha maior, melhor e mais resistente. E, mais importante, será capaz de reproduzir. Somente as abelhas-rainhas são férteis (fica a dica! Quer engravidar? Coma geléia real, muita, muita, muita!).

 

Bom, acontece que, algumas vezes, nascem várias abelhas-rainha ao mesmo tempo. E aí, salve-se quem puder. Elas se matam até que sobre apenas uma. Bem no lema “que vença a melhor”.

 

E aí vem a parte não recomendável para menores de 18 anos. Ainda jovem, a abelha-rainha sai para o seu voo nupcial. E, não fique surpreso, afinal, nos tempos modernos isso nem é tão assustador assim, ela é fecundada por cerca de 15 zangões. Sim, a abelha-rainha é meio “vaca”.

 

Mas essa fase adolescente e piriguete da abelha-rainha passa logo. Quando ela retorna deste voo, nunca mais será fecundada por ninguém. Ela pega todo o esperma que acumulou de todos os zangões e guarda em uma bolsa, denominada espermateca (nojenta, por sinal). E aí vai usando aos pouquinhos para povoar sua colméia.

 

Existe outra coisa interessante nisso tudo. Enquanto a abelha-rainha é saudável e está lá, firme e forte em seu posto, ela libera um feromônio que impede que as operárias construam outra célula daquela onde as futuras abelhas-rainha ficam quando são apenas ovos. Já quando ela envelhece, para de produzir este feromônio e as operárias sabem que está na hora de iniciar o processo por uma nova rainha da colméia. E, quando essa abelha-rainha nasce e está pronta para assumir o lugar da outra, há um assassinato na comunidade. As operárias assassinam, fria e cruelmente, a abelha-rainha antiga. Ficam todas sobre ela, provocando a morte por sufocamento e excesso de temperatura;

 

 

Curiosidades

– A abelha rainha vive quatro anos enquanto as operárias vivem apenas um mês e meio;

– A abelha rainha se alimenta exclusivamente de geléia real;

– Somente a abelha rainha é fértil. Ela é a mãe de todas as outras abelhas da colméia;

– Quando a nova abelha rainha está pronta para assumir o posto.

 

Bom, o mundo das abelhas é muito complexo. Isso foi apenas um pouco do que elas são capazes de fazer (como por exemplo, quando há pouco mel na colméia, trancar os zangões para fora para que eles morram de fome e de frio. Mas, para mim, isso é plenamente justificável e nada cruel, já que eles são uns cafajestes que ficam de colméia em colméia, comendo e bebendo do melhor, enquanto as fêmeas se matam de trabalhar).

 

Esse foi o primeiro “Markethings no Reino Animal”. Não perca, na próxima semana falaremos sobre as CENTOPÉIAS!!

 





MarkeThings e o Reino Animal

29 04 2009

As manhãs de sexta-feira não são mais as mesmas na MarkeThings Comunicação e Evento. Agora, por volta das 8h30 do último dia de trabalho da semana, os colaboradores podem relaxar e aguçar a curiosidade com o programa MarkeThings e o Reino Animal.

Durante 30 minutos, Marcela Marques e Fernanda Mattos estudam e explicam a vida dos animais. São curiosidades e informações que surpreendem e nos mostram como a natureza é sábia.

O primeiro programa foi ao ar há duas semanas e trouxe a tona a interessantíssima vida das abelhas. Como uma abelha rainha se torna uma rainha? Há uma eleição? Por que ela é tão diferente das outras? O que ela faz de tão interessante? Compras na Oscar Freire? Passeios pelo Central Park? Ou fica quietinha em seu palácio, apenas apreciando a paisagem? Saiba tudo isso e fique pasmo!

Todas as semanas, você poderá ver neste blog, um resumo que tudo o que descobrimos. Não perca!

Aproveite para dar, também, a sua sugestão! Sobre que animal gostaria de saber mais?

Ahauhauahauhauahua





By MSN

29 04 2009

Fefê – Ufaaaa e não é q acabou mesmo!!!! diz:

sua frase no msn está parecendo nome de livro da Zíbia Gasparetto

::*:: Marcela ::*:: Quando chega a hora de descansar? diz:

aahhahaha parece mesmo





Toc toc toc

22 04 2009

Voltei. Depois de muito tempo desaparecida, cá estou eu.

Não, eu não fui sequestrada.

Não, eu não fui abduzida.

Não, eu não fiquei sem Internet.

Não, eu não perdi a vontade de postar.
 

Eu só trabalhei DEMAIS. Doze, treze horas por dia. Feriados, vésperas, finais de semana.

 

E agora eu mereço férias. Mas, por exemplo, minha mãe mereceria uma viagem ao Egito para conhecer as pirâmides e NÃO vai ganhar. Assim como eu NÃO vou ganhar férias.

Bom, abafa…

 

Vim aqui só pra colocar um vídeo que eu vi no Jacaré Banguela e achei muito bom.

Tudo bem, que me deu certa raivinha dessas garotas e que se eu pulasse igual a elas por 30 segundos, minhas pernas já sentiriam aquele ardor muscular desagradável.

 

E elas pulam por quase 10 minutos. E não pulam só com as pernas não. Pulam com as costas, os joelhos, a bunda, a barriga…


Clique aqui!





Enquete

20 03 2009

Passeando pelos blogs como sempre faço pela manhã, me deparei com posts que me remeteram à época do colégio. Não sei se isso era hábito apenas no meu tempo, década de 90 e tal. E se sou muito velha por isso. Mas, pelo menos enquanto eu cursava 4ª ou 5ª série do ensino fundamental era muito comum as meninas possuírem um caderno intitulado “Enquete”. Algumas escreviam “Inquete” mas aí vai do analfabetismo de cada um.

Neste caderno, em cada página, havia uma pergunta. Dessas que não servem para nada nem para ninguém. Qual o seu nome? Quanto anos você tem? O que você acha da dona da enquete? Com quem você fugiria para uma ilha deserta? Deixe uma mensagem para a dona da enquete! E essas perguntas típicas de pré-adolescentes.

E era mais legal quem tinha o caderno mais completo. Quem tinha mais gente disputando sua enquete. Virar a página então, UAU, era o máximo!

 

Eu tive algumas “Enquetes” dessa. Me lembro de uma. Assim como me lembro de sentir muita raiva quando rasuravam o meu caderno (eu tinha vontade de entregar um liquid paper e uma borracha junto com a “Enquete” pra quem errasse arrumar e ficar bonito *). Infelizmente ela se perdeu no tempo e no espaço. Não tenho a mínima idéia de onde foi parar.

 

Mas, em homenagem a esses tempos de escola, vou copiar o post que me fez lembrar de tudo isso.

 

* Eu era (ainda sou um pouco, ok?) nerd e perfeccionista. Dessas que ODEIAM rasuras no caderno. Muitas vezes, quando eu errava alguma tarefa, eu jogava aquela folha fora e fazia de novo pra não ter rasuras. Ah, a borracha, citada acima, é pra passar depois do liquid paper. Assim a página fica lisinha de novo, e não com aquela grosseria do branco do corretivo quando já está endurecendo, velho.

 

Mode 12 anos on

 

Onde está seu celular? No bolso da bolsa!

E o amado? O Batista? Não sei, sumiu da mídia!

Cor do cabelo? Castanho…claro…meio loira! Não! Loira nãããão!

Sua mãe? É mulher e vai bem, obrigada!

Seu pai? É homem e vai bem também, obrigada!

Seus irmãos? Sem irmãos. Só uma irmã, que é mulher e vai bem, obrigada!

Seu filho? Não tenho ainda.

O que mais gosta de fazer? Estar com os amigos.

O que você sonhou na noite passada? Nossa, sem chance de eu recordar.

Onde você está? Responderei com uma canção. “Money, que é good nóis num have. Se nóis havasse nóis num tava aqui workando…”

Onde você gostaria de estar agora? Agora? As 7h30 da manhã? Na minha cama!

Onde você gostaria de estar daqui a seis anos? Depois que eu sair da minha cama (veja resposta acima) eu penso nisso…

Onde você estava na noite passada? Em casa! Milagre!

O que você não é? Boba.

O que você é? Muito boba.

Objeto do desejo? Um porsche.

O que vai comprar hoje? Água.

Qual sua última compra? Gasolina.

A última coisa que você fez? Digitei a resposta acima.

O que você está usando? Calça jeans, blusinha preta, sandália e acessórios.

Na TV? Friends!

Seu cachorro? Peste.

Seu computador? Necessário.

Seu humor? Variável.

Com saudades de alguém? Sempre.

Seu carro? Só tem duas calotas. As outras duas foram abduzidas.

Perfume que está usando? Victoria Secrets.

Última coisa que comeu? Bisnaguinha.

Fome de quê? Comida mexicana!

Preguiça de? Ter que discutir.

Próxima coisa que pretende comprar? Duas calotas!

Seu verão? Quente.

Ama alguém? Muito, a vida é amor.

Quando foi a última vez que deu uma gargalhada? Há 10 minutos.

Quando chorou pela última vez? Há dois domingos.

 

Mode 12 anos off